Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

Rescaldo

As festas acabaram. Resultado? Um a zero, ganham as festas! Também não foram vividas a 100%. A minha mãe ficou doente. Passei a véspera do feriado com ela nas urgências com um problema de coluna. Logo... se não estava nas festas, estava a cuidar dela.

Mas as festas foram um espectáculo. Pena que a chuva tenha aparecido. Uma molhazinha enquanto esperávamos os Da Weasel para refrescar as ideias e entorpecer o corpo. Na verdade ainda tenho o sono em atraso à conta daquelas doninhas! Isto só lá vai a  .

Ou seja, vou aproveitar o bom do fim de semana para dormir. Descansar muito que o corpo assim o pede.

Na realidade vim aqui mesmo só para dar um olá! Para não acharem que fugi com os foliões que apareceram na festa (encontra-se sempre algum gajo giro) e que continuo viva, apesar de muito cansada (e muito preocupada com a minha mãe).

E queria agradecer a todos os que têm visitado o blog e têm deixado comentários. Nunca pensei que isto desse mesmo resultado. É bom encontrar pessoas com os mesmos problemas ou parecidos e até pessoas que só querem dar um "oi" de apoio. Obrigada a todos.

 

Um beijo enorme que vou descansar. E sabem porquê? Porque para a semana começa a festa da cidade vizinha e eu quero lá estar. LOL!!!

 

Beijokas

sinto-me: Com muito sono
música: Qualquer uma dos Da Weasel (deve ser do sono)
publicado por lytha às 15:21
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Junho de 2007

Feriado

Mais uma semaninha de trabalho com o bom do feriado no meio. Não adoram quando isso acontece? Claro que é melhor quando nos deixam fazer ponte, o que no meu caso não deixam, mas é bom na mesma ter um dia da semana para descansar.

Eu não sei quanto a vocês... mas os meus fins de semana por vezes tornam-se tudo menos dias relaxantes.

É certo que durmo um pouco até mais tarde (e bem preciso de repor o sono da semana) mas depois... tenho de ir a casa dos meus avós, levar um deles ao supermercado, ir ter com a minha madrinha, ajudar lá em casa, fazer umas comprinhas para mim, tratar de todas aquelas coisas que não pude tratar durante a semana. Resta-me a noite que aproveito para uma saídazinha até ao bar do costume (um bar celta que eu adoro) e o dia está passado. No dia seguinte... a mesma loucura. Com a noite a ser aproveitada para meter as coisas em ordem para ir trabalhar no dia seguinte.

Durante a semana penso sempre: é este fim de semana que me vou sentar um pouco a ver um filme que ando há imenso tempo para ver. Mas qual quê... isso nunca acontece. Mal paro em casa.

Não admira que ande cansada. O que precisava mesmo era de ir uns diazinhos para um daqueles spas onde só se relaxa. Uma massagem aqui, uma hidromassagem ali, um livrinho na cabeceira, um pôr do sol para admirar, um bloquinho para apontar tudo.... ai! Sonhos!!

Por isso um feriado a meio da semana calha mesmo bem.

Não que o trabalho aqui seja muito dificil... nada disso. Pelo contrário... é uma seca. Há alturas em que não há trabalho para fazer. Nessas alturas vagueio pela net, leio, ouço música e escrevo no blog. Mas essas alturas ainda são piores.. porque é uma seca não ter nada para fazer. Claro que não estou a pedir o ritmo alucinante de quem não tem tempo para nada.. nem para comer... mas um pouco de trabalho de vez em quando não caía mal.

Contudo, paremos de nos queixar... Em breve começam as festas aqui. Temos mais um feriado para a semana... que bom!!!.... e muitas noites sem dormir por causa dos concertos. Vai ser uma semana dura.... de divertimento LOL.

Bem... como podem perceber o astral anda em alta... ainda resquicios do dia da criança! E esperemos que se mantenha assim, também graças às festas. É bom estar alegre!

Beijos

sinto-me: Alegre
música: Sattelites, da September
publicado por lytha às 10:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Junho de 2007

Dia da Criança

Hoje, dia da criança, sinto-me muito melhor. O Etelvino está a despedir-se de mim e hoje, especialmente, sinto-me fresca como uma alface. Também deve ser de hoje ser sexta-feira!

Também porque gosto muito do dia da criança, embora ache que deva ser como o natal: todos os dias.

É que sabem... eu tenho uma enorme criança dentro de mim. E não estou grávida! (é o que me costumam perguntar quando digo isto). Sou é mesmo uma grande criança. E gosto de ser assim. Posso parecer maluca às vezes... mas sou do tipo que gosto de sair à noite em busca de um escorrega com muita diversão, saltar, pular, vestir roupa colorida, brincar na areia com crianças pequenas, jogar à apanhada e às escondidas... enfim... ser criança.

A minha mãe diz que agora é que estou a viver a adolescência. E talvez tenha razão. A verdade é que não vivi bem a adolescência. Nada me era permitido porque me podia constipar, piorar, ficar ainda mais doente. Os meus pais eram paranóicos com a minha saúde (e eu compreendo-os e não os culpo). Depois tinha um irmão pequeno e fui mãe dele (a minha mãe trabalhava muito e às vezes quase não via os filhos, por isso tive de ser mãe do meu irmão). Com 9 anos vi-me a mudar fraldas a uma criança, a adormece-lo, a dar-lhe de comer. E afeiçoei-me tanto a ele que depois o meu tempo livre era passado a ir levá-lo à escola, a ir buscá-lo.

Por isso não vivi a minha adolescência e mantive-a intacta em mim. Despertou agora... a minha mãe acha que é por o meu irmão também estar a viver a adolescência e eu finalmente me sentir liberta do meu cargo de "mãe".

O que eu sei é que sou uma eterna criança. E das piores... daquelas que não querem crescer! Quero ver sempre o mundo pelos olhos da criança que há em mim, em busca de novidades, brincadeiras, novos amigos e aventuras. Não quero crescer e cumprir horários. A minha criança detesta o meu emprego e o horário que tenho de cumprir.

Agora a parte pior... a minha criança acredita em fadas e em sonhos concretizados. Acredita em principes e princesas e adora histórias com finais felizes. Fala com árvores e ouve-as na sua sabedoria. Ouve o vento e o mar. E sente nos pés descalços a força da Terra.

E ainda pior.... a minha criança adora a Floribella. Gosta do seu mundo encantado onde ainda se pode sonhar, pensar em fadas, amar principes encantados, ou simplesmente ser criança. Um mundo colorido que deveria existir para todas as crianças e não apenas porque uma novela se lembrou disso.

Por isso, neste dia da criança quero mandar um enorme beijo a todas as crianças. Áquelas com 5, 10, 15, 20, 30, 40 anos.... a todas aquelas que sabem o que é sonhar e continuam a querer correr atrás da bola e a sentar-se na areia para fazer um castelo... mesmo que andem muito escondidas.

Feliz dia da Criança!

Beijinhos

sinto-me: Criança
publicado por lytha às 14:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Férias

. Olá

. Snow

. Resultados....

. Na mesma.... como a lesma...

. A incerteza....

. Borboleta

. Novo Ano

. Feliz Natal/Yule

. Vacina da Gripe A

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.links

.Twitter

blogs SAPO

.subscrever feeds